Informação do 1° ao 4° distrito.

Para atrair apoio de Bolsonaro, Washington Reis reabre comércios a partir de segunda (25/05)

O novo decreto 7.587 de hoje, revoga 7.578 que mantinha apenas os comércios essenciais abertos até 31 de maio.

A Prefeitura de Duque de Caxias, anunciou hoje (21/05) que  irá autorizar a abertura do comércio a partir da próxima segunda (25/05) impondo uma série de regras para o funcionamento dos mesmos. O decreto assinado pelo Prefeito Washington Reis (MDB) diz que a criação de novas de unidade de tratamento intensivo na cidade e a redução do número de pacientes com sintomas da COVID-19 nas redes de saúde da cidade, permitem o afrouxamento das medidas de isolamento na cidade que já registra 167 óbitos por COVID-19.

A decisão do prefeito, acontece no mesmo dia em que o Prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) se encontrou com o Presidente Jair Bolsonaro, em Brasília, onde foi tratado da reabertura gradual do comércio na cidade do Rio de Janeiro e do enfrentamento à COVID-19: “Agora estamos no estudo da retomada. Se Deus quiser, nos próximos dias já vamos começar a reabrir as coisas”, disse Crivella após sair do encontro com Presidente.

Tanto Crivella quanto Washington Reis disputam ferozmente o apoio do Presidente Jair Bolsonaro nas eleições municipais de 2020, Crivella que é do Republicanos, partido ligado a Igreja Universal já tem dois filhos do presidente como companheiros de sigla, o Senador Flávio Bolsonaro e o Vereador Carlos Bolsonaro. Em Duque de Caxias, Washington já garantiu o apoio da sigla para sua sucessão e agora com a reabertura dos comércios espera selar o apoio do Presidente Jair Bolsonaro.

Veja o que muda com o novo decreto 7.587 a partir da próxima Segunda (25/05):

  • Os comerciantes deverão exigir dos clientes o uso de proteção facial e fornecer os equipamentos aos funcionários, disponibilizar álcool em gel, além de limitar o atendimento ao público a 30% (trinta por cento) da capacidade de lotação.
  • As academias devem higienizar seus equipamentos a cada troca de usuário.
  • Os bares, restaurantes, botecos e afins podem funcionar limitando o atendimento a 30% de sua capacidade total.
  • Devem continuar fechados atividades coletivas, como teatros, cinemas, clubes recreativos, piscinas, cachoeiras e afins até o dia 31 de Junho de 2020.
  • As aulas na rede municipal de ensino permanecem suspensas até 15 de Junho de 2020.

O decreto também traz determinações para as empresas de ônibus:

  • Fica determinado a redução de 50% no número de veículos nas linhas municipais.
  • Os ônibus em circulação devem circular com todas as janelas abertas, sempre que isso seja possível, devem ser higienizados internamente todos os dias e só podem circular com passageiros sentados.

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.