Informação do 1° ao 4° distrito.

O Duque entrevista pré-candidata do PSD à Prefeitura de Duque de Caxias, Andreia Zito

Andreia Zito (PSD) é filha do ex-prefeito de Duque de Caxias, Zito (Progressistas).

O Duque: Quem é Andreia Zito e porque a população de Duque de Caxias, deve votar na senhora para Prefeita?

Andreia Zito: Sou uma jovem, com experiência no Legislativo, nascida, criada e moradora de Duque de Caxias, portanto, ciente das dificuldades do município e sabedora do que queremos e podemos alcançar. Como mulher meu objetivo é alcançar principalmente a família.

O Duque: O ex-deputado estadual e pré-candidato a Prefeitura, Dica (PL) e o também pré-candidato Aluízio Júnior (PT) estavam no lançamento de sua pré-candidatura, a senhora será mesmo candidata a Prefeita ou será vice-prefeita na chapa de um deles? E por qual partido a senhora será candidata?

Andreia Zito: Sou pré-candidata a prefeita, sim. Estou sendo lançada pelo meu partido, o PSD. Quanto a presença de políticos de outras legendas nesse encontro, significa que hoje existe uma frente ampla se mobilizando contra a politica do atual governo municipal. Mesmo, todos sendo pré-candidatos a prefeito, compreendem que as forças políticas precisam discutir um caminho para recuperação da cidade. Isso não significa que já exista discussão sobre aliança entre nós. Precisamos definir os campos políticos.

O Duque: Os servidores inativos e pensionistas de nossa cidade estão com salários atrasados a meses, como a senhora fará para regularizar o pagamento desses salários?

Andreia Zito: O que está acontecendo em Duque de Caxias é desumano. O salário é o resultado do trabalho de cada cidadão. É um direito sagrado de cada trabalhador ao fim de cada mês ter o que é seu por direito. Durante todo o meu trabalho como parlamentar, priorizei a luta pelos direitos dos servidores públicos. Consegui aprovar vários projetos que reconhecem a importância do trabalhador nesse setor. Me orgulho de ter apresentado e aprovado a Emenda 70, que garante todos os direitos aos servidores aposentados por invalidez. Estando na prefeitura, pode ter a certeza que esse problema não haverá. O Trabalhador receberá o seu salário em dia.

O Duque: As tarifas dos ônibus municipais de Duque de Caxias são uma das mais caras do Brasil, também existem diversos valores de tarifas, qual sua proposta para essa questão?

Andreia Zito: O problema da tarifa de ônibus em Duque de Caxias é muito complexo. As linhas intermunicipais, aquelas que cortam outros municípios, representam quase 80% do transporte coletivo da cidade. O estado define esses valores. Teríamos que exigir do estado que refaça os cálculos dessas tarifas. Quanto às linhas de responsabilidade do munícipio, acredito que podemos redefinir os preços dessas linhas. Podemos chegar a um desenho semelhante ao da capital. Tarifa única em toda a cidade.

O Duque: Nos últimos dias nossa cidade foi pauta nacional devido a fila para marcação de consultas nas unidades de saúde, os pacientes também reclamam do telefone da central de agendamentos que sempre vive ocupado, como o senhora fará para acabar com as filas e o telefone ocupado para marcação de consultas?

Andreia Zito: A saúde precisa ser universal. Todo cidadão tem que ter os mesmos direitos. A regulação de consultas é um grande avanço no atendimento à população, desde que funcione de forma impessoal e sem a preferência de quem tem que ser atendido por interesse político. Eu vejo que está faltando também uma gestão séria na área da saúde em nossa cidade. A saúde é prioridade e certamente será gerida por profissionais competentes.

O Duque: Como os comerciantes informais que atualmente estão espalhados por todos os cantos da cidade, serão tratados em seu governo?

Andreia Zito: Todos os trabalhadores têm que ser respeitados. Com a crise econômica aumentou substancialmente o número de trabalhadores que estão na informalidade. Todas as cidades convivem com esse problema. Agora, o que está acontecendo em Duque de Caxias é uma verdadeira tragédia urbana. O caos tomou conta, principalmente, do centro da cidade. A prefeitura tem a obrigação de organizar essa atividade. Temos um problema social, mas temos que encará-lo verificando quem de fato precisa estar desenvolvendo essa atividade.

O Duque: Diversos bairros de nossa cidade sofrem com a demora das linhas de ônibus municipais, e com o péssimo estado de conservação dos ônibus, como vai ser tratado o transporte por ônibus na cidade em seu governo?

Andreia Zito: Em Duque de Caxias, a população é desrespeitada em diversos serviços. A prefeitura é inerte e nada faz.  O serviço de transportes oferecidos por aqui, além de precário, é caríssimo e não atende minimamente ao usuário. Certamente, teremos que avaliar os termos das concessões e definir as mudanças necessárias para melhorar a prestação desse serviço no município. A Câmara de Vereadores terá que fazer também a sua parte.

O Duque: Seu Pai, o ex-prefeito Zito sofre atualmente com uma grande rejeição principalmente após o episódio do fechamento do Aterro Sanitário de Jardim Gramacho em 2012 quando a cidade ficou coberta de lixo em sua gestão, a senhora acha que isso irá atrapalhar sua candidatura?

Andreia Zito: Tem um ditado que diz que “o tempo é o senhor da razão”. O golpe que foi dado pelo grupo do PMDB (Cabral/Eduardo Paes/Washington Reis) contra o prefeito Zito, fechando o aterro sanitário e impossibilitando o governo de dar o correto destino final do lixo da cidade, a população caxiense já entende que aquilo foi mais uma armação desse grupo.  Na verdade, o golpe do lixo foi dado contra os moradores. Foi um momento muito difícil. Eles não se sensibilizaram com o sofrimento da população naquele momento. Acredito que hoje todos sabem que o meu pai também foi vítima dessa armação.

Não acredito que esse problema vá afetar a minha campanha. Até porque minha proposta para as questões ambientais será bem ampla. Discutiremos com a população vários projetos nessa área que vão transformar Duque de Caxias numa cidade modelo de sustentabilidade.

O Duque: Existe algum candidato ou partido que a senhora rejeitaria o apoio no Segundo Turno, caso o senhora chegue lá?

Andreia Zito: Dizem que na política apoio não se rejeita, principalmente se concordarem com o programa que estamos apresentando. Porém, eu teria muita dificuldade em ter ao meu lado alguém envolvido em algum escândalo político. A política precisa definitivamente sofrer uma mudança de conceito. A sociedade está exigindo isso.

O Duque: Quais são as suas propostas para o tratamento de esgoto e para a distribuição de água na cidade, visto que atualmente é uma atribuição estadual?

Andreia Zito: As cidades da Baixada Fluminense são as que mais sofrem com problema de água e esgoto no estado. O esgoto ainda consegue ser um problema ainda maior do que a água.  A maioria das residências não conseguem destinar o esgoto para tratamento adequado. Apesar da existência de um convênio que dá ao estado a responsabilidade sobre esse serviço, os municípios precisam que avaliar qual a melhor forma de atender os moradores. Vamos avaliar o convênio com a Cedae e discutir com a população a melhor alternativa.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.