Informação do 1° ao 4° distrito.

Com saudação de Dória, Vinicius Veiga é lançado pré-candidato a Prefeitura de Duque de Caxias

Vinicius Veiga já foi Superintendente da Juventude e candidato a Vereador.

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) lançou oficialmente sua nova executiva na cidade e também a pré-candidatura de Vinicius Veiga a Prefeitura de Duque de Caxias, em seu primeiro encontro municipal que aconteceu hoje (02/11) na Vila Itamaraty, primeiro distrito de Duque de Caxias.

O evento contou com a presença do Presidente estadual da sigla, Paulo Marinho, da Diretora do ITV, Aspásia Camargo, do ex-ministro e ex-braço direito do Presidente Jair Bolsonaro, Gustavo Bebianno que agora é do PSDB dentre outras figuras políticas do estado.

O Governador de São Paulo, João Dória, através de ligação parabenizou pela realização do encontro do partido na cidade de Duque de Caxias e frisou que o PSDB será liderado por jovens e mulheres, como a Mariana Ribas (pré-candidata a Prefeitura da cidade do Rio) e Vinicius Veiga (pré-candidato a Prefeitura de Duque de Caxias).

O pré-candidato a Prefeitura de Duque de Caxias, Vinicius Veiga destacou a construção de um pacto junto com os moradores de Duque de Caxias para que sejam solucionados problemas históricos da cidade.

PSDB foi disputado por “Duques” da cidade, diz Paulo Marinho

Em sua fala o presidente estadual do PSDB, Paulo Marinho disse que foi procurado por todos os “Duques” da cidade, nome usado para se referir aos caciques políticos da cidade, frisando que alguns até exigiram o comando da sigla na cidade fazendo críticas ao Vinicius Veiga.

Ele também destacou que enfrentou todos os “Duques” da cidade para lançar a candidatura de Vinicius Veiga a Prefeitura de Duque de Caxias e frisou que a partir de hoje, Vinicius terá a missão de estar todos os dias na rua para obter vitória no ano que vem.

Evento foi marcado por críticas ao Presidente Bolsonaro (PSL)

Gustavo Bebianno (ex-ministro de Bolsonaro) e Vinicius Veiga (pré-candidato a Prefeito de Duque de Caxias)

O Presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi criticado diversas vezes de maneira indireta durante o evento, tanto Paulo Marinho, como Gustavo Bebianno acusaram o presidente de ser ingrato e também frisaram que é preciso saber dialogar para tirar o país da crise em que vivemos.

Gustavo Bebianno parafraseou um pêndulo dizendo que o país saiu de uma extrema esquerda para uma extrema direita e que é preciso que se chegue ao centro para que o país comece a andar, e que para chegar ao centro é preciso de alguém que dialogue com a direita e a esquerda, e que esse alguém é o Governador de São Paulo, João Dória (PSDB).

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.