The news is by your side.

MP-RJ denuncia Marco Figueiredo por ter chefiado rachadinha na ALERJ

De acordo com MP, pessoas carentes e com muitos filhos eram aliciadas e viravam servidores fantasmas.

0 80

O Programa “Fantástico”, da TV Globo divulgou ontem (06/10), que o ex-deputado estadual Marco Figueiredo (PROS) foi alvo de denúncia do Ministério Público (MP-RJ) por ter, de acordo com o MP, chefiado um esquema da prática conhecida como “rachadinha”, na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ), envolvendo o auxílio educacional concedido aos servidores.

o ex-deputado Marco Figueiredo e os funcionários foram denunciados por peculato e lavagem de dinheiro. O MP também submeteu medidas cautelares aos envolvidos, como a proibição de sair do país e também a suspensão das funções públicas.

O esquema teria sido descoberto, após a denúncia de um ex-funcionária do deputado, Rosângela Prado, que coletou provas durante aproximadamente um ano, onde foram expostos indícios do recolhimento dos salários e benefícios dos servidores por políticos.

Políticos aliciavam pessoas humildes, através de benefícios sociais

Segundo o promotor de Justiça do MP/RJ, Claúdio Caio, o esquema aliciava pessoas humildes e líderes comunitários, preferencialmente com muitos filhos que forneciam documentos para um suposto benefício social.

De posse desses documentos. o gabinete do então deputado Marco Figueiredo nomeava essas pessoas como servidoras, para cargos comissionados da ALERJ, sem que as mesmas tivessem qualquer ciência sobre isso.

As crianças eram matriculadas em escolas particulares sem o conhecimento dos pais, e o auxílio de R$450 por criança era embolsado pelo gabinete do deputado.

O que dizem os citados

 

Em nota, a Alerj informou que as “denúncias referem-se a atos praticados há 11 anos, em 2008” e que, depois disso, as regras foram aperfeiçoadas.

A Casa disse ainda que criou uma série de requisitos para controlar o benefício, como a checagem da documentação apresentada pelos beneficiários do auxílio-educação.

Já o ex-deputado Marco Figueiredo, em resposta ao programa “Fantástico”, da TV Globo disse que vai provar sua inocência em momento oportuno.

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.