The news is by your side.

O Duque entrevista pré-candidato do PT à Prefeitura de Duque de Caxias

Aluizio Júnior é morador do Corte 8 e Presidente do Sindicato dos trabalhadores da Casa da Moeda do Brasil.

0 518

O Duque: Quem é Aluizio Júnior e porque a população de Duque de Caxias deve te escolher como próximo Prefeito da cidade?

Aluizio Júnior: Sou nascido e criado em Duque de Caxias no bairro Centenário/Corte Oito, onde vivo e crio meus filhos. Tenho Formação Técnica em Mecânica e formação acadêmica em Administração de Empresas. Sou funcionário concursado da Casa da Moeda do Brasil e Presidente reeleito do Sindicato dos Trabalhadores da Casa da Moeda do Brasil (Sindicato Nacional dos Moedeiros). Na política local sou primeiro suplente de vereador, dirigente municipal e estadual do Partido dos Trabalhadores e Membro do Conselho Fiscal do DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar).

Acredito que a política de representação em Duque de Caxias passará por um processo de renovação, nesse sentido nossa candidatura será uma alternativa para liderar com responsabilidades esse novo momento político em nosso município.

O Duque: Na campanha presidencial 2018, o PT perdeu muito tempo defendendo “Lula Livre”, nas eleições 2020 o senhor discutirá a cidade, ou voltará a usar o espaço da campanha municipal para defender a liberdade do ex-presidente Lula?

Aluizio Júnior: Serei candidato a prefeito de Duque de Caxias e quero discutir com a população minhas propostas para a cidade, aquilo que interfere no dia a dia do povo, em especial dos que mais precisam. O que não me impede de continuar defendendo  a liberdade imediata e um julgamento justo para o Presidente Lula.
Sobre as eleições presidenciais 2018, diante das condições que ocorreu o processo eleitoral, vejo como excelentes os resultados do Haddad no 1° turno (30%) e 2°turno (45%).

O Duque: Os servidores inativos e pensionistas de nossa cidade estão com os salários atrasados a meses, como o senhor fará para regularizar o pagamento desses salários?

Aluizio Júnior: Os servidores municipais receberão em nosso governo tratamento digno e respeitoso, esse tratamento se estenderá aos servidores inativos e pensionistas. Será prioridade o pagamento em dia da folha salarial. É vergonhoso o município de Duque de Caxias, que está entre as maiores  arrecadação do Brasil, não consiga pagar em dia seus servidores. Vencimento de servidor se equipara a verba alimentar. Significa a sobrevivência do ser humano.
Outro detalhe: os servidores inativos e pensionistas são descontados em seus proventos 14% (quatorze por cento) e ainda não tem calendário de pagamento para receber e honrar seus compromissos. O Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Duque de Caxias (IPMDC), terá uma gestão focada na transparência, iremos cobrar explicações ao Conselho Fiscal do Instituto, sobre a realidade financeira e quais os critérios de aprovação das contas do IPMDC. 

O Duque: As tarifas dos ônibus municipais de Duque de Caxias são uma das mais caras do Brasil, também existem diversos valores de tarifas, qual sua proposta para essa questão?

Aluizio Júnior: As concessões do transporte coletivo em nosso município não atendem as expectativas de nossa população, seja pelos altos custos das tarifas, falta de transparência nas planilhas de custos, pelas condições precárias dos transportes ou pela falta de compromissos com a regularidade dos horários de circulação. É uma realidade que será encarada em nossa gestão. Iremos respeitar as concessões que estejam sendo explorada conforme as normas e regras da licitação, mas seremos rigorosos com aquelas que não estiverem funcionando de acordo com as condições do edital de  concessão.

Teremos um Conselho Municipal com participação da sociedade, para acompanhar e fiscalizar os serviços prestados pelas empresas detentoras das concessões. Os Terminais Rodoviários deverão ser integrados, para facilitar a mobilidade urbana em nossa cidade.

Nos últimos dias nossa cidade foi pauta nacional devido a fila para marcação de consultas nas unidades de saúde, os pacientes também reclamam do telefone da central de agendamentos que sempre vive ocupado, como o senhor fara para acabar com as filas e o telefone ocupado para marcação de consultas?

A saúde pública de qualidade gratuita e acessível a todos os brasileiros é um direito do cidadão e um dever do estado.  Medidas administrativas que resolvam os problemas, como o atendimento telefônico e online de marcação de consultas, serão tomadas imediatamente e mais do que isso, iremos investir em saúde preventiva nos postos, ampliar o número de UBS nos bairros e programas como Saúde da Família para a população e promovermos um atendimentos de saúde integral.

O Duque: Como os comerciantes informais que atualmente estão espalhados por todos os cantos da cidade, serão tratados em seu governo?

Aluizio Júnior: Nosso governo irá implementar uma política de formalização para incluir quem está na informalidade e este que atualmente é informal, será formalizado e contará com assessoria contábil e financeira via Prefeitura.
Teremos ainda pontos específicos no município, para atuação destes comerciantes de forma organizada, onde todos terão seu alvará para atuação e contribuirão com seus impostos e com isto, estarão protegidos no âmbito Municipal, Estadual e Federal.

O Duque: Diversos bairros de nossa cidade sofrem com a demora das linhas de ônibus municipais, e com o péssimo estado de conservação dos ônibus, como vai ser tratado o transporte por ônibus da cidade em seu governo?

Aluizio Júnior: Como já falei anteriormente, mobilidade será uma das prioridades do nosso governo. Precisamos rediscutir os atuais problemas existentes e definir um plano para a melhoria dos serviços com a ampla participação da população. Também precisamos pensar novas formas de mobilidade para além dos ônibus e carros, fazendo uma Caxias menos poluída e mais saudável. 

O Duque: O PT já apoiou o atual Prefeito Washington Reis (MDB) e já apoiou o ex-prefeito Alexandre Cardoso (PSD) que devido sua alta rejeição nem a reeleição disputou, o senhor acha que esses apoios do passado irão atrapalhar sua candidatura?

Aluizio Júnior: Não creio nessa possibilidade, nosso apoio refletiu a conjuntura política da época. 

O Duque: Existe algum candidato ou partido que o senhor rejeitaria o apoio no segundo turno, caso o senhor chegue lá?

Aluizio Júnior: Está muito cedo para fazer esse tipo de avaliação, esse momento é de diálogo com os partidos e lideranças políticas que estão no campo da oposição.

O Duque: Quais são as suas propostas para o tratamento de esgoto e para distribuição de água na cidade, visto que atualmente é uma atribuição estadual?

Aluizio Júnior: O saneamento básico uma atribuição do governo municipal compartilhada com o Governo do Estado na Região Metropolitana do Estado do Rio de Janeiro. É obrigação do governo municipal fiscalizar os serviços prestados pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Estado do Rio de Janeiro no município de Duque de Caxias. A atual gestão, criou uma companhia chamada CASDUC que não colocou uma gota d’água na bica do caxiense.
O Plano Municipal de Saneamento Básico foi aprovado pela Câmara Municipal de Duque de Caxias em 15 de dezembro de 2017.
O Governo Municipal deverá ter uma ação proativa em relação a CEDAE, na busca de soluções para implementar medidas que possam melhorar as condições de abastecimento d’água e coleta e tratamento de esgotos no município.
Ou seja, buscar em parceria com Governo do Estado e Cedae a repactuação do Convênio e do Contrato de Programa assinado entre esses entes e o Governo Municipal, dando condições que a Prefeitura possa participar efetivamente das ações necessárias para a implantação de melhoria nos sistemas de águas e esgotos da cidade. Uma repactuação semelhante que foi elaborada pelo Município de Maricá.

Agradecemos, ao pré-candidato Aluizio Júnior (PT) e ao Partido dos Trabalhadores de Duque de Caxias pela confiança depositada em nós. Esperamos que todos os outros pré-candidatos também possam ser entrevistados por nós, deixamos claro desde já que o espaço está aberto para debatermos nossa cidade e informar nossos eleitores.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.